Menores estariam sendo usados por bandidos maiores, diz pai do advogado assassinado

Menores estariam sendo usados por bandidos maiores, diz pai do advogado assassinado

Dr. Marcos diz que está com o coração sangrando após a perda do filho

Marcos Lima, pai do advogado Francelino Lima, assassinado há um mês, fala com exclusividade ao programa Agora, da Rede Meio Norte, nesta quinta-feira, 26, sobre a possível soltura do menor, acusado de matar seu filho e também sobre a dor de perder um filho de forma tão violenta.

Ele, que também é advogado, durante a entrevista, disse que acredita na possibilidade de algum maior de idade estar no suporte aos menores para tais delitos continuarem acontecendo. ?Não é fácil para mim, falar sobre esse assunto. Isto é viável pela complexidade do processo. O menor estava com mais dois, o que dificulta para a polícia. Um deles está preso, os demais estão em liberdade. Existe a possibilidade de ter um maior de idade por trás dando esse suporte de fomentação para que os menores venham cometer tais delitos.?

Como pai, emocionado, ele diz que o coração está sangrando, mas a fé em Deus precisa estar acima de qualquer vontade. ?O meu coração está sangrando muito. Fica difícil falar sem a voz falsear. Ele deixou uma mulher guerreira, que tem demonstrado um temperamento muito forte na condução da família. Meu filho e eu, tínhamos uma parceria, eramos amigos, irmãos e tínhamos um trabalho homogêneo. A falta dele está deixando marcas profundas. Se Deus quis assim, ele nos dará força para continuarmos com a ausência do meu filho?

Fonte: Denison Duarte