Mesmo com colete, vigilante é morto a tiros em estação de metrô

Ele usava colete à prova de balas, mas não resistiu aos ferimentos.

Na noite deste domingo (24), um vigilante identificado como Narcélio Rodrigues Acâmpora, de 49 anos foi morto a tiros durante o seu trabalho na estação de metrô, no Distrito Federal. A polícia suspeita que o crime tenha sido um latrocínio, já que a arma da vítima não foi encontrada.

Segundo a perícia, o homem foi atingido com cinco disparos. Ele estava na porta da estação durante o seu trabalho quando dois homens armados se aproximaram do local. Mesmo com colete à prova de balas, ele não resistiu aos ferimentos.

Em nota, a empresa disse aguardar o resultado da perícia para saber exatamente o que ocorreu com o vigilante. Além disso, informou que a terceirizada presta apoio à família da vítima e que o crime não afeta a segurança dos passageiros.

Local do crime (Crédito: Reprodução)
Local do crime (Crédito: Reprodução)
Local do crime (Crédito: Reprodução)
Local do crime (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do G1