Metalúrgico é preso por engano e passa uma noite na cadeia

Metalúrgico é preso por engano e passa uma noite na cadeia

Suspeito de dois assaltos usava documento roubado do homem em 2005

Um metalúrgico de Alvorada, na Região Metropolitana de Porto Alegre, passou a noite de quarta-feira (4) para quinta (5) preso em Santa Maria, na Região Central do Rio Grande do Sul, por um crime que não cometeu. Sérgio da Costa Silva, de 40 anos, foi detido por engano, após o suspeito de dois assaltos ter apresentado seu documento de identidade quando foi pego pela polícia, segundo reportagem da RBS TV.

Ao ser levado pela polícia até Santa Maria, Sérgio sequer sabia sobre os crimes do qual era suspeito. "Perdi três dias de serviço. Perdi dois dias de ficar com meu filho, com a minha família. Perdi todo esse tempo", desabafou o metalúrgico.

Sérgio teve os documentos roubados em 2005, em Porto Alegre. A identidade foi apresentada na 1ª Delegacia de Polícia de Santa Maria pelo suspeito de dois assaltos no município, em março e abril deste ano.

O suspeito foi liberado pela polícia, mas o processo continuou. Com um mandado de prisão, os policiais foram até a casa do metalúrgico e falaram com a mulher dele. Ela telefonou para o marido, que estava trabalhando, para avisar que a polícia estava lá para prendê-lo. "Eu pensava em como estava minha esposa, que é cardíaca, e torcia para que o meu filho não estivesse acordado quando acontecia toda aquela reviravolta", disse o metalúrgico.

Na delegacia, Sérgio provou que estava trabalhando nos horários em que aconteceram os crimes e foi liberado. Ao voltar para casa, foi recebido com carinho pelos familiares para a festa de aniversário dos 40 anos que completou neste sábado (7). A 1ª DP de Santa Maria não quis se manifestar sobre o caso.

Fonte: G1