MG: Piauiense é assassinado com oito facadas após briga de trânsito

Deoclécio da Silva, de 30 anos, é natural da cidade de Fronteiras.

Na noite de domingo (28), um homem identificado como Deoclécio da Silva, de 30 anos, foi assassinado a facadas após se envolver em uma briga de trânsito no terminal rodoviário da cidade de Patrocínio, no estado de Minas Gerais, onde residia. De acordo com informações, ele é natural de Fronteiras, no Piauí.

O piauiense seguia em seu veículo, um Fiat Uno , quando colidiu com um GOL, conduzido por Adailton Carlos de Souza, apontado como autor do crime. Os envolvidos entraram em comum acordo, não acionaram a polícia e se deslocaram para uma fazenda de nome Makena. Ao chegar ao local, Deoclécio foi agredido, revidou e acabou alvejado com golpes de faca de cozinha.

Após ser atingido com oito perfurações, sendo uma no pescoço, uma na barriga e no peito, foi socorrido por uma equipe do Corpo de Bombeiros e em seguida levado para um Hospital em estado grave. Devido à gravidade dos ferimentos, não resistiu e foi a óbito antes da meia-noite. 

Adailton fugiu  no Fiat Uno e disse que ficaria como sinal de pagamento devido, segundo ele, aos danos causados em seu veículo  GOL, que foi levado até o local por seu amigo de nome Rafael Alves da Silva, de 27 anos, que facilitou a fuga.

Houve perseguição e o veículo Fiat foi abandonado próximo a um cafezal na Serra Negra. A esposa de Adailton, nome não revelado, ajudou a polícia na captura do mesmo que alegou legitima defesa. O compaersa dele, Rafael Alves da Silva, também foi preso. 

Faca usada no crime que vitimou o piauiense
Faca usada no crime que vitimou o piauiense Deoclécio da Silva
Adailton Carlos de Souza
Adailton Carlos de Souza
Rafael Alves da Silva
Rafael Alves da Silva





Fonte: Portal Meio Norte