Milionário de reality show acusado de assassinar modelo é achado morto em hotel

Ele havia reportado à polícia o sumiço de sua mulher, antes de ele mesmo desaparecer

Ray Jenkins, o milionário que ficou conhecido ao participar de um reality show na TV americana e que foi acusado de assassinar sua mulher há duas semanas perto de Los Angeles, foi encontrado morto em um quarto de motel no Canadá, segundo a polícia.

Jenkins, 32 anos, tinha sido o alvo de uma grande caçada humana após o corpo nu de sua mulher, a ex-modelo Jasmine Fiore, 28 anos, ter sido encontrado dentro de uma mala.

Ele havia reportado à polícia o sumiço de sua mulher, antes de ele mesmo desaparecer. Um barco de sua propriedade, que teria sido utilizado na fuga, foi encontrado próximo à fronteira dos Estados Unidos com o Canadá.

Segundo a polícia, não estava claro ainda quando a morte de Jenkins teria acontecido.

Alerta

O sargento Duncan Pound, da Polícia Montada do Canadá, disse que os investigadores deram o alerta após a polícia ter respondido a um chamado sobre uma pessoa encontrada morta no motel Thunderbird, na cidade de Hope, perto de Vancouver.

"As investigações preliminares sugerem que ele se suicidou", disse o policial.

Uma fonte policial na Califórnia disse que Jenkins teria se enforcado e foi identificado por suas impressões digitais.

O gerente do motel, Kevin Walker, disse à agência de notícias Associated Press que Jenkins teria chegado ao local na quinta-feira acompanhado de uma mulher jovem.

A mulher teria preenchido a ficha de check-in e pago em dinheiro por uma estadia de três dias.

O gerente disse que como o casal não fez o check-out ao fim dos três dias, ele abriu a porta do quarto e encontrou Jenkins enforcado.

Horas antes, a polícia canadense havia confirmado que o milionário havia entrado no país. As autoridades acreditavam que ele havia fugido para o Canadá para escapar de uma possível condenação à morte nos Estados Unidos.

Programa

Jenkins participava do programa de TV americano Megan Wants a Millionaire ("Megan quer um milionário"), no qual era descrito como um investidor financeiro, e competia com vários jovens bem-sucedidos para tentar conquistar uma mulher.

O canal VH1 cancelou o programa após ele ter sido apontado como suspeito da morte de Fiore.

A ex-modelo não tinha nenhuma conexão com o programa e havia se casado com Jenkins em março, em Las Vegas.

O corpo mutilado de Fiore foi encontrado em uma mala em uma lata de lixo em Buena Park, ao sul de Los Angeles, no dia 15 de agosto. Ela foi identificada graças a um número de série do seu implante de silicone.

Fonte: Terra, www.terra.com.br