Militar é suspeito de matar prostituta e colocar corpo em mala

Militar é suspeito de matar prostituta e colocar corpo em mala

Corpo da vítima foi encontrado dentro de mala em estrada de Corumbá. Suspeito foi preso pela polícia quando tentava se livrar da mala

A Polícia Civil investiga o caso de uma jovem que foi encontrada morta em Corumbá, a 444 km de Campo Grande. O corpo da vítima, Greice Soares Roque, de 26 anos, foi o encontrado dentro de uma mala em uma estrada que dá acesso à Bolivia. Segundo informações da delegada que investiga o caso, Priscilla Anuda Quarti Vieira, um sargento da Marinha é o principal suspeito pela morte da jovem. Ele foi preso na tarde de sexta-feira (16), em flagrante, quando tentava se livrar da mala com o corpo da vítima.

Segundo a delegada, a polícia interceptou o veículo onde estavam o suspeito e outros dois militares, que foram ouvidos como testemunhas no caso. As investigações apontam que ele teria matado a vítima, na casa dele, após uma discussão.

Ainda segundo a delegada, para esconder o crime, o sargento teria colocado o corpo da jovem dentro de uma mala e teria pedido carona aos dois amigos, dizendo que iria viajar. Eles desconfiaram do comportamento do militar e pediram para ver o que tinha na mala. Após descobrirem o crime, acionaram a polícia.

O corpo de Greice Soares Roque foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) e passou por exame necroscópico. Segundo a Polícia Civil, o laudo, que deve ficar pronto em 10 dias, deve apontar como e quando a quando a vítima foi morta.

O militar está preso no 6º Distrito Naval. Segundo a Polícia Civil, ele deve responder por homicídio doloso (quando há intenção de matar) e ocultação de cadáver.

Em depoimento à Polícia Civil, a mãe da jovem informou que a filha era garota de programa e usuária de drogas. A jovem tinha três filhos, e, segundo a mãe, teria saído de casa na última quarta-feira (14).

Fonte: G1