'Miss Caipira Gay' sobrevive ao levar 3 tiros:"Fiquei desesperado"

"Acredito que ele queria ferir a todos nós", disse o coreógrafo.

Um jovem identificado como Eduardo Cambraia, de 21 anos, eleito 'Miss Caipira Gay' do Amapá, sobreviveu após levar três tiros. De acordo com informações da polícia, um dos disparos atingiu o pescoço do coreógrafo que foi encaminhado para um Hospital, onde recebeu atendimento médico.

Ainda bastante abalado,  Eduardo relatou como tudo ocorreu. "Ele chegou de repente e começou a atirar. Como vi a arma segundos antes, gritei e meus amigos correram. Quando percebi, havia levado 3 tiros e um pegou no meu pescoço. Fiquei desesperado e, logo em seguida, fui socorrido", afirmou.

O 'Miss Caipira Gay' foi alvejado na madrugada desta sexta-feira. "Acredito que ele queria ferir a todos nós, mas, como meus amigos conseguiram correr, apenas eu fui baleado. Como ele viu que o primeiro tiro me acertou, continuou atirando", acrescentou. 



Fonte: Com informações do G1