Modelo assassinada é identificada por prótese de silicone

Jasmine Fiore foi morta pelo marido, participante de reality show nos EUA

 A polícia da Califórnia precisou apelar para o número de identificação do implante de silicone dos seios da modelo Jasmine Fiore, morta pelo marido no último dia 15, para identificá-la, segundo informação da agência de notícias AP. Ryan Jenkins, que se casou com Jasmine no início de 2009 em uma cerimônia em Las Vegas, está desaparecido desde o dia em que comunicou o desaparecimento da esposa à polícia.

Segundo informações, ele teria mutilado o corpo de Jasmine (arrancado seus dedos e seus dentes) para dificultar a identificação, mas não contava com o número de série da prótesede silicone. Jankins, que é canadense, estaria escondido no Canadá.

Fonte: Ego, www.ego.com.br