Monge budista é preso por filmar mulheres nuas

Monge budista é preso por filmar mulheres nuas

Homem aproveitava inocência de visitantes em templo no Camboja.

Um monge budista pode pegar um ano de prisão por filmar secretamente centenas de mulheres que se despiam durante uma celebração no templo de Phnom Penh, no Camboja.

Net Khai, de 37 anos, foi preso por espionar as mulheres que o procuravam para serem abençoadas e participavam de rituais em que tinham de tomar banho sem roupas.

O homem ainda é acusado de pornografia por divulgar suas filmagens. Uma testemunha que teve acesso aos vídeos denunciou o monge.

?Ele filmava as mulheres desde 2008, quando começou a ser procurado por mulheres que só queriam sua benção?, disse um oficial da polícia ao tabloide ?The Sun?.

Fonte: g1, www.g1.com.br