Fonoaudióloga é assaltada na zona Norte de Teresina

Os comerciantes dão detalhes das ações dos bandidos

Na avenida principal do Poti Velho, zona Norte, de Teresina, próximo ao bairro Mafrense, a população está amedrontada por causa do aumento da violência. O portão e o muro de duas residências carregam as marcas dos tiros disparados por bandidos. Uma parada de ônibus que fica próxima à essas residências tornou-se um perigo, mas nem todos percebem.

Para o estudante Heitor Mendes, o perigo se torna maior por falta de policiamento. ?É muito difícil porque não tem segurança, policiamento não passa! Como medida de segurança eu guardo o celular, escondo a carteira para chamar menos a atenção dos bandidos.?

Os comerciantes dão detalhes das ações dos bandidos. ?Eles são violentos e levam tudo o que a pessoa tem, celular, dinheiro, entre outras coisas?, afirmou o comerciante Francisco das Chagas.

Recentemente, uma fonoaudióloga, que prefere não ser identificada, foi assaltada. Ela relata como foi a ousadia dos bandidos. ?Eles chegaram de surpresa e nos deram um susto muito grande, eu fiquei muito nervosa. Eles chegaram de moto e um deles desceu com uma faca pedindo os celulares. Eu nunca tinha passado por essa situação. Todo dia a gente tem informação de pessoas que sofreram assaltos.?

Fonte: Denison Duarte