Morre jovem de 17 anos baleado por PM na porta de escola em SP

PM diz que fez disparo acidental; amigo da vítima nega reação

Morreu na noite de segunda-feira (8), em Campinas (SP), um jovem de 17 anos que havia sido baleado há uma semana por um policial militar na porta da Escola Estadual Professor Newton Pimenta Neves, no DIC VI.

Renan Gabriel Isidoro da Silva estava internado no Hospital Ouro Verde e havia passado por duas cirurgias. Ele foi atingido na região da barriga.

De acordo com o boletim de ocorrência, o PM teria dado ordem para o jovem parar. O rapaz não teria obedecido e o policial se desequilibrou da moto que conduzia e na sequência ocorreu um disparo acidental.

Um amigo da vítima, que teria visto parte da ação, disse que ele não havia reagido e nem fugido. A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o que ocorreu. O caso foi registrado na 2ª Delegacia Seccional de Campinas.O cabo Eder Rogério dos Santos foi afastado do cargo. O jovem morto não tinha passagem pela polícia.

Image title

Fonte: Com informações do G1