Morre menor acusado de roubo e espancado na Zona Norte do Rio

O jovem chegou ao hospital levado pelo Corpo de Bombeiros. Ele fora encontrado semi-inconsciente e com sinais de agressão em um canteiro de obras

O adolescente X, de 17 anos, que deu entrada na sexta-feira no Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, com marcas de espancamento, não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã deste sábado. A informação foi confirmada pela direção da unidade. O corpo está sendo encaminhado para o Instituto Médico Legal.

O jovem chegou ao hospital levado pelo Corpo de Bombeiros. Ele fora encontrado semi-inconsciente e com sinais de agressão em um canteiro de obras da Transcarioca, na Rua Ibiapina. No seu peito estava escrito à caneta a frase: "Eu sou ladrão".



A direção do hospital informou ainda, por meio da assessoria de imprensa, que o paciente deu entrada na unidade com múltiplas lesões pelo corpo. Ele foi avaliado pela cirurgia geral,ortopedia e submetido a exames de raios X no crânio, tórax, bacia, pernas e mãos.

Testemunhas disseram que o jovem teria sido espancado por traficantes da Vila Cruzeiro, na Penha, após supostamente ter assaltado casas de moradores. Ao dar entrada no Getúlio Vargas o menor negou que tenha realizado roubos.

Fonte: Extra