Morte de baleado eleva para seis total de vítimas de onda de violência em SP

Maior parte dos ataques aconteceu na Zona Leste da capital paulista.

Um homem foi encontrado baleado na Rua Barão de Almeida Galeão, no Itaim Paulista, na Zona Leste de São Paulo, na madrugada desta quarta-feira (7). Ele chegou a ser socorrido policiais militares, mas morreu ao chegar ao Hospital Santa Marcelina. Com esse caso, o número de mortes sobe para seis entre a noite desta terça (6) e esta madrugada.



Nesta primeira noite depois da reunião que firmou parcerias entre o governo federal e o governo paulista para combater a criminalidade no estado, novos ataques foram registrados em São Paulo, em Guarulhos e em Cotia. A maior parte dos casos aconteceu na Zona Leste da capital paulista.

Em Itaquera, na Zona Leste de São Paulo, o jovem Leonardo da Silva, que completaria 20 anos nesta quarta, estava com um grupo de amigos na Rua Nicolino Mastrocola quando foi baleado por volta das 23h desta terça-feira. Ele foi atacado por quatro homens que estavam em duas motos. Ele e o amigo Vitor Felipe Borges Martins, de 25 anos, morreram. A irmã de Martins era ex-policial militar - ela trabalhou dois anos no setor administrativo da corporação e saiu do emprego em setembro.

Ainda na Zona Leste da capital paulista, o delegado Diogo Zamut Júnior foi atingido por um tiro no ombro direito, na Penha. Ele foi socorrido e não corre risco de morrer. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Já no bairro Iguatemi, também na Zona Leste, um homem foi baleado na Rua Madureira Calheiros. Ele foi levado para o Pronto-Socorro de São Mateus, mas não resistiu.

Na Zona Norte, na esquina da Avenida Ministro Petrônio Portela com a Rua João Cordeiro, um homem foi morto por volta das 1h desta quarta. Ele foi levado para o hospital, mas não resistiu. A vítima estava sem documentos.

Um guarda civil de Cotia foi baleado no limite com Carapicuíba, na Grande São Paulo. Também em Cotia, homens que estavam em duas motos atiraram em um grupo que estava em uma rua do bairro Turiguara. Uma pessoa ficou ferida.

Em Guarulhos, na região metropolitana, uma pessoa morreu baleada na Avenida Lajedão, no bairro Cidade Soberana.

Fonte: G1