Motocilista armado atira em 4 travestis, mata 2 e sai mandando beijos

Duas das vítimas morreram; as outras duas foram levadas para o hospital.

Quatro travestis foram baleadas na madrugada desta quarta-feira (15) em São José do Rio Preto (SP). Duas morreram e as outras duas foram levadas para hospitais da região. Segundo testemunhas que presenciaram a ação, um homem armado que pilotava uma moto e aparentava ter entre 40 a 50 anos começou a atirar nas vítimas, que estavam em pontos diferentes da cidade.

A Polícia Militar acredita que o motociclista tenha atirado e matado a primeira vítima, de 30 anos, em uma estrada de terra que segue para a Fonte Santa Terezinha. Segundo a PM, trata-se de um ponto de prostituição. A travesti estava ajoelhada no momento do disparo. O carro dela estava estacionado na Avenida Cenobelino.

O homem atirou na segunda vítima, de 24 anos, nas proximidades de um restaurante que também fica na Avenida Cenobelino. Ela não resistiu aos ferimentos. Ele, então, desceu da moto que pilotava e seguiu até a esquina da Rua São João, onde atirou na mão e no ombro da terceira vítima, de 21 anos. O motorista, segundo testemunhas, acenou e mandou beijos para outras travestis que também estavam no local.

O homem ainda seguiu para o centro da cidade, na esquina da Rua General Glicério com a Prudente de Moraes, onde atirou na quarta travesti, de 25 anos, que foi atingida na mão.

Testemunhas que presenciaram os disparos disseram que o motociclista já havia passado várias vezes pelos locais antes de cometer os crimes. As câmeras que ficam na área central da cidade serão analisadas. Elas podem ter flagrado os crimes.

Uma das sobreviventes foi levada para o Hospital de Base e a outra para a Santa Casa. O homem não foi localizado. O caso será investigado pela polícia.

Fonte: G1