Motorista de van escolar é suspeito de abusar de meninas

Uma das vítimas seria enteada do suposto agressor.

Um motorista escolar é suspeito de abusar sexualmente de duas meninas, uma de oito e outra de dez anos. Uma das vítimas seria enteada do suposto agressor.

O caso foi descoberto depois que uma das vítimas foi ao ginecologista. Durante a consulta, a médica descobriu que a menina de oito anos estava com HPV, uma doença sexualmente transmissível. Pressionada pela médica e pela mãe, a menina contou que no ano passado, ela e uma amiga teriam sido violentadas pelo padrasto da amiga. Em troca de sexo e do silêncio das meninas, o homem, de 49 anos, dava brinquedos e dinheiro.

O suspeito era motorista de transporte gratuito para alunos da rede municipal de ensino. Após a denúncia, ele foi afastado do trabalho. A Delegacia da Taquara (32ª DP) investiga o caso. Segundo a polícia, os abusos aconteciam aos sábados, na casa do agressor. Ele chegou a ser detido, mas vai responder pelo crime em liberdade.

A Secretaria Municipal de Educação informou que irá investigar o caso.

Fonte: R7, www.r7.com