Motorista de van escolar preso suspeito de abuso de crianças

Menina de 12 anos era convencida a faltar aula pelo motorista, diz polícia.

A Polícia Civil de Santa Catarina prendeu na quarta-feira (31) um motorista de van escolar suspeito de abuso sexual de adolescentes na cidade de Penha. Segundo a Polícia Civil, o homem, de 38 anos, começou a ser investigado após um grupo de mães procurar a polícia para denunciar que as filhas teriam sido violentadas pelo motorista. As famílias usavam os serviços da van para que as crianças fossem levadas às escolas.

As crianças relataram em depoimento, diz a polícia, que o motorista mantinha relações sexuais há dois meses com uma adolescente de 13 anos, que era convencida por ele a faltar as aulas para passear pela cidade.

Além desta garota, mais duas meninas, de 14 e 12 anos, relataram abusos.

A menina de 14 anos teria dito que o motorista a obrigou a ingerir uma bebida que a fez dormir, impossibilitando a defesa. Segundo o delegado que apura o caso, o motorista também fazia insinuações de cunho sexual para as alunas, com a intenção de convencê-las a manter relações com ele.

A Justiça expediu um mandado de prisão para o suspeito, que foi preso enquanto dirigia a van escolar levando crianças de 2 a 16 anos para escolas. A Polícia Civil diz que, no veículo, foram encontrados uma lata de cerveja e um preservativo.

Fonte: G1