Motorista e estudante são julgados hoje por ônibus que caiu de viaduto

O acidente provocou a morte de nove pessoas e sete ficaram feridas.

​André Luiz da Silva e Rodrigo dos Santos Freire, respectivamente, o motorista e o estudante que estavam no ônibus da linha 328 (Castelo-Bananal) que despencou na avenida Brasil, em abril deste ano, no Rio de Janeiro, começam a ser julgados nesta segunda-feira. O acidente provocou a morte de nove pessoas e sete ficaram feridas.


Motorista e estudante são julgados hoje por ônibus que caiu de viaduto

A primeira audiência de instrução e o julgamento ocorrem a partir das 10h na 5ª Vara Criminal da Capital do Tribunal de Justiça do Estado. André Luiz da Silva foi denunciado pelo Ministério Público pelo crime de atentado contra a segurança do transporte viário. Freire responde pelos crimes de lesão corporal qualificada (seis graves e uma gravíssima) e nove crimes de lesão seguida de morte.

Ao todo, foram arroladas 21 testemunhas para a audiência, entre passageiros que teriam testemunhado a briga entre o motorista e o estudante antes do acidente, sobreviventes e parentes das vítimas que morreram.

O acidente

De acordo com a denúncia, o motorista André Luiz da Silva dirigia acima da velocidade permitida na avenida Brasil e não parava em determinados pontos, além de não aguardar a descida dos passageiros nas paradas de ônibus. A discussão que originou o acidente teria ocorrido porque o motorista não teria esperado o estudante descer do ônibus.

O bate-boca acabou em agressão. Freire teria desferido chutes no motorista. André Luiz, então, perdeu o controle do ônibus que despencou de uma altura de oito metros de um viaduto na Avenida Brasil.

Fonte: Terra