Motorista envolvido em acidente com Shaolin não vai à prisão

Motorista envolvido em acidente com Shaolin não vai à prisão

A Justiça concedeu a Jobson Clemente o benefício da substituição da pena pela prestação de serviços comunitários.

A 4ª Vara Criminal de Campina Grande, na Paraíba, condenou nesta quinta-feira (13) o motorista Jobson Clemente Benício, envolvido no acidente com o humorista Shaolin em janeiro de 2011, a dois anos de prisão e um ano de suspensão da carteira de habilitação. Entretanto, a pena de reclusão foi revertida em prestação de serviços à comunidade.

A Justiça concedeu a Jobson Clemente o benefício da substituição da pena pela prestação de serviços comunitários porque ele é réu primário e tem bons antecedentes criminais.

O motorista foi acusado e condenado por lesão corporal e omissão de socorro, por ter fugido do local do acidente.

Segundo Rodrigo Celino, que é advogado de Shaolin, a família do humorista ainda será consultada antes de tomar um posicionamento por apelar ou não da sentença. "Eu recebi agora à tarde o conteúdo da sentença e ainda preciso consultar a família para repassar a eles todas as informações para só então saber se iremos levar ou não o processo adiante", explicou Celino.

O acidente

O acidente aconteceu no dia 18 de janeiro de 2011. Jobson Clementesó se apresentado à polícia dois dias após o fato. Ele prestou depoimento e foi liberado em seguida. Desde o acidente, foram ouvidos policiais rodoviários federais; médicos do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que prestaram os primeiros socorros a Shaolin e pessoas da comunidade local, que presenciaram o ocorrido.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o comediante dirigia no sentido São José da Mata da rodovia quando um caminhão, que vinha na faixa oposta, invadiu a contramão e bateu contra o veículo do artista.

Apesar de se recuperar em casa, o humorista ainda não consegue andar ou falar e tem acompanhamento diário de fisioterapeutas e fonoaudiólogos. Recentemente, a apresentadora Ana Hickmann viajou até Campina Grande e presenteou o humorista com um aparelho que permite a comunicação através da leitura óptica do paciente.

Fonte: UOL