Mototaxista é morto a facadas e profissionais realizam manifestação

O crime aconteceu em Floriano.

O mototaxista Gecimar Vieira dos Santos desapareceu nesta sexta (11/09), ao fazer uma corrida em direção à localidade L-3, zona rural de Floriano, por volta das 10h. O rapaz demorou a retornar e os parentes e amigos ficaram preocupados.

Image title


Por volta das 20h, o grupo de amigos voluntários intensificaram as buscas por Gecimar, e encontraram o corpo na localidade Soledade, há 25 km de Floriano. Ele sofreu três facadas nas costas e um corte na garganta.

As Polícias Militar e Civil foram chamadas e providenciaram a remoção do corpo para o necrotério do Hospital Tibério Nunes. Ele era casado e deixa duas filhas, a menor nasceu no dia anterior à sua morte. A esposa encontra-se internada no Hospital de Floriano, recuperando-se da cirurgia do parto. Gecimar era neto do Mano das Porteiras.

Na manhã deste sábado (12) dezenas de motociclistas fecharam uma das principais vias no centro de Floriano, praça Cel. Borges, para protestar contra a violência na cidade. Uma das pessoas que estava na manifestação era o secretário de Trânsito e Transportes do Município professor Marcony Alysson, que estava no comando. 

Os motociclistas fecharam a Avenida, fizeram um círculo e após uma palavra do secretário Marcony que pedia por mais segurança para a classe,  fizeram uma oração. Durante o ato, algumas pessoas se emocionaram. Ao final os motociclistas que estavam participando do momento se reuniram no centro da Avenida e ergueram os capacetes clamando por Justiça.

Image title

Image title

Image title


Fonte: Floriano News