Mototaxistas do PI envolvidos com pedofilia

O fato está acontecendo em Campo Maior, mas a PM já tem vários detalhes de como autua o grupo na cidade.

A situação de infrações ocorridas em Campo Maior envolvendo veículos automotores, principalmente motocicletas, em especial os mototaxistas, tem levado a Polícia Militar a intensificar a fiscalização no trânsito de Campo Maior. Nos últimos dias foram apreendidas motos e autuados condutores desses veículos por várias irregularidades.

Conforme o subcomandante da PM em Campo Maior, Capitão Cleber Bezerra, as irregularidades mais freqüentes estão na documentação, tanto do veículo quanto do condutor. ?O que está acontecendo em Campo Maior é um trabalho de rotina. A fiscalização não está voltada apenas para as irregularidade no trânsito, mas em todos os tipos de atos que caracterize crime. O objetivo é combater também o tráfico de drogas, de armas e as atuações dos bandidos?, explicou Cleber.

O subcomandante da PM também revelou a existência de uma ?rede? de pedofilia que está se desenvolvendo na cidade e uma forma de convênio feito entre alguns mototaxistas e assaltantes em Campo Maior.

A polícia já tem conhecimento de como vem acontecendo a pedofilia em Campo Maior. O caso, mais uma vez, envolve mototaxistas. A informação é de que um homem vai sozinho para um motel e liga de lá, ou já tem ligado antes, para um mototaxista que já tem as garotas adolescente e leva até o local.

Aparentemente o mototaxcista está fazendo um frete, mas na verdade ele faz parte desse grupo criminoso. Quanto ao convênio entre alguns mototaxistas e bandidos, a polícia informa que tem alguns que levam o passageiro ao seu destino, mas ligam para o bandido dando todas as informações sobre o cidadão que, sem esperar, é logo assaltado. "Mais uma vez estamos contando com o apoio do Ministério Público e vamos trabalhar para acabar com essas práticas delituosas em Campo Maior" finalizou o Capitão.

Fonte: Campomaioremfoco