MP pede 45 anos para idoso acusado de estuprar e matar neto no PI

O menor Carlos Eduardo foi encontrado morto na residência do avô

Image title


O Ministério Púbico solicitou à Justiça uma pena de 45 anos de reclusão ao idoso José Ferreira de Sousa que é acusado de estuprar e assassinar o neto de 10 anos, no município de Bertolínia. O crime aconteceu no dia 24 de maio.

O menor Carlos Eduardo foi encontrado morto na residência do avô e após exames médicos ficou constatado que ele foi estuprado, envenenado e asfixiado. O acusado foi encontrado horas depois  pelado em um matagal.

O promotor Adriano Fontenele afirmou que o acusado deverá apresentar à Justiça sua defesa e em seguida, o magistrado irá informar se acatou ou não a solicitação do Ministério Público.

‘’O idoso foi denunciado por crime triplicamente qualificado já que violentou a criança, asfixiou e depois o matou. Para o crime de homicídio a pena é de 30 anos e o de estupro são 15 anos”,disse o promotor.

Laudos do Instituto Médico Legal (IML) comprovaram que o José Ferreira estuprou o neto e confirmaram que ele estrangulou a vítima.

O acusado foi levado para a Penitenciária de Vereda Grande, na cidade de Floriano e está em local separado por conta da tamanha revolta que tomou os demais presos.

Ao prestar depoimento na delegacia de Uruçuí, o pai da criança afirmou que seu pai é um monstro.

A vítima foi enterrada no povoado Santa Fé, localizado na cidade de Bertolínia, região onde a mãe do garoto mora.

Fonte: Portal Meio Norte