Ministério Público pede mudança da guarda da meia-irmã de Bernardo;veja

O casal está preso por suspeita de participação da morte de Bernardo Boldrini, filho de Leandro e meio-irmão da menina.

O Ministério Público (MP) do Rio Grande do Sul pediu nesta sexta-feira a mudança da guarda da filha de Leandro Boldrini e Graciele Ugulini, bem como o bloqueio dos bens do seu pai. O casal está preso por suspeita de participação da morte de Bernardo Boldrini, filho de Leandro e meio-irmão da menina.

Na Ação de Suspensão de Poder Familiar, a promotora Dinamárcia Maciel de Oliveira pede que a filha de Leandro e Graciele, de um ano e meio, obtenha imediatamente guarda provisória junto a um parente ou família substituta, sob o argumento de que não é seguro para ela permanecer com os pais durante o curso das investigações.

A Ação de Indisponibilidade dos Bens de Leandro Boldrini, que tem por objetivo bloquear seus bens móveis e imóveis, a promotora argumenta que o pai poderia "ser considerado indigno para se tornar herdeiro do filho?, caso comprovada sua culpa no crime.

O caso

Bernardo Uglione Boldrini, 11 anos, desapareceu no dia 4 de abril, em Três Passos (RS), depois de ? segundo a versão da família - dizer ao pai que passaria o fim de semana na casa de um amigo. O corpo do garoto foi encontrado no dia 14 de abril, em Frederico Westphalen (RS), dentro de um saco plástico e enterrado às margens do rio Mico.

Na mesma noite, o pai, o médico Leandro Boldrini, a madrasta Graciele Ugulini, e a assistente social Edelvânia Wirganovicz foram presos pela suspeita de envolvimento no crime. Segundo a Polícia Civil, o menino foi dopado antes de ser morto, possivelmente com uma injeção letal. Os três se encontram temporariamente presos.


MP pede mudança da guarda da meia-irmã de Bernardo

Corpo do menino Bernardo Uglione Boldrini, 11 anos, que estava desaparecido desde o dia 4 de abril foi encontrado na noite de segunda-feira em Frederico Westphalen (RS). Pai e madrasta (foto de arquivo) foram presos por suspeita de envolvimento na morte

Fonte: Terra