MS: mãe confessa participação na morte da filha; plano era matar genro

A mulher afirmou que já havia sido estuprada pelo genro, por isso decidiu planejar o crime.

Uma mulher de 38 anos confessou participação na morte da própria filha de 18 anos quando planejava matar o genro, em um crime que aconteceu na madrugada de quarta-feira em Dourados (MS). O homicídio foi planejado pela mulher, seus dois filhos adolescentes e seu atual companheiro.

Segundo a polícia, toda a família relatou desentendimentos com o homem, de 22 anos. A mulher afirmou que já havia sido estuprada pelo genro, por isso decidiu planejar o crime.

Com uma arma cedida, o padrasto da vítima entrou durante a madrugada na casa do casal. O homem reconheceu o agressor, e usou o corpo da mulher como escudo, que acabou sendo atingida pelos disparos e morreu. O homem foi atingido por um tiro e encaminhado ao hospital.

A mãe e seu companheiro foram presos. Os dois adolescentes, de 15 e 17 anos, foram apreendidos e serão encaminhados nesta quinta-feira para a Unidade Educacional de Internação (Unei) de Dourados.

Fonte: Terra