Mulher acusada de encomendar morte do noivo é presa no RS

Mulher acusada de encomendar morte do noivo é presa no RS

A acusada foi presa enquanto trabalhava em uma loja de moda feminina que possui no Centro de Porto Alegre.

Após quatro meses de investigações, agentes da 5ª Delegacia de Polícia Civil de Porto Alegre prenderam, na tarde desta quinta-feira, uma mulher acusada de encomendar a morte do noivo, ocorrida em maio deste ano. O inquérito concluiu que Lisiane Rocha Menna Barreto, 36 anos, contratou pelo menos dois homens para matar Marcelo Henrique Prade.

A acusada foi presa enquanto trabalhava em uma loja de moda feminina que possui no Centro de Porto Alegre. De acordo com os investigadores, a Justiça expediu mandado de prisão contra ela e outros dois acusados de serem os executores do crime. Os dois homens ainda não foram localizados. A polícia preferiu não revelar a motivação do crime, já que os outros suspeitos ainda estão sendo procurados.

Marcelo Henrique Prade, 46 anos, trabalhava em um banco e foi assassinado por estrangulamento no dia 5 de maio deste ano. Lisiane foi presa preventivamente e deve aguardar o julgamento na Penitenciária Feminina Madre Pelletier. Ela e os executores vão responder por homicídio qualificado.

Fonte: Terra