Mulher coloca fogo em papel higiênico para despistar roubo em supermercado

Criminosa integra a quadrilha conhecida como "gangue das sacoleiras"

Um grupo de mulheres conhecido como ?gangue das sacoleiras? está causando prejuízo em supermercados de Minas Gerais. Pelo menos 17 furtos já foram cometidos pela quadrilha, que prefere roubar produtos caros.


Mulher coloca fogo em papel higiênico para despistar roubo em supermercado

Em uma das ações do bando, as câmeras de segurança do estabelecimento flagraram uma tática perigosa usada pelas criminosas: elas ateiam fogo em pacotes de papel higiênico para distrair os funcionários e conseguir sair do mercado sem pagar.

As imagens mostram a mulher riscando um fósforo e jogando sobre os produtos. As chamas se alastram rapidamente e os trabalhadores usam rodos e vassouras, mas só o extintor põe fim ao incêndio.

Dentro do supermercado há um certo tumulto e elas conseguem sair do local tranquilamente. Uma delas passa com o carrinho cheio ao lado do caixa e vai embora sem ser notada.

Modo de agir

A quadrilha age, principalmente, na região metropolitana de Belo Horizonte. Elas também foram vistas em Divinópolis, no centro-oeste do Estado. A ação é sempre parecida: as quatro mulheres chegam em horário de grande movimento. Enquanto uma vigia a entrada, as outras se espalham pelos corredores e recolhem os produtos. Elas usam um sinal para saber quando o caminho está ?liberado?.

O delegado de Lagoa Santa, cidade onde as criminosas também teriam agido, analisou as imagens. Uma das suspeitas já foi ouvida por outro furto. Ele reconheceu a mulher e disse que ela deve ser intimida a prestar um novo depoimento.

? O que chama a atenção é a subtração de materiais que foram os mesmos no flagrante que a gente teve.

Segundo o delegado elas podem responder por furto qualificado e pegar uma pena de até oito anos de cadeia.

Fonte: r7