Mulher de 34 anos é atingida com uma pedrada na cabeça durante protesto de índios

Mulher de 34 anos é atingida com uma pedrada na cabeça durante protesto de índios

Ela passou por duas cirurgias e está em estado grave

Uma mulher de 34 anos foi internada depois de ter sido atingida por uma pedrada na cabeça, em Londrina (PR). Ela e o marido teriam sido atacados depois de tentarem passar por um bloqueio feito pelos índios, em frente a um prédio da Fundação Nacional do Índio (Funai).

A confusão ocorreu na madrugada de domingo (7). A vítima passou por duas cirurgia e permanece em estado grave.

Os índios montaram o bloqueio em protesto contra o fechamento dos escritórios da Funai no Paraná.

Fonte: g1, www.g1.com.br