Mulher de 47 anos é presa acusada de mandar assassinar a tiros fazendeiro

A motivação do crime seria uma dívida de R$ 70 mil que ela possuía com o fazendeiro

Uma fazendeira de 47 anos foi presa acusada de mandar assassinar a tiros um também fazendeiro em Miranorte, no interior de Tocantins. Ela é suspeita de ter ordenado a morte de Wellington Suacio de Oliveira, 44 anos, no dia 25 de novembro do ano passado. Além dela, três pessoas foram presas nesta semana por suposta participação no caso.

A motivação do crime seria uma dívida de R$ 70 mil que ela possuía com o fazendeiro e que, devido à incidência de juros, teria chegado ao valor de R$ 300 mil, de acordo com a Polícia Militar. A mulher foi detida na manhã de sexta-feira.

Outras três pessoas foram presas por suspeita de participação no crime. Marcos Dankiley Gonçalves e Franceli Lopes Rodrigues foram presos também em Miranorte, acusados de envolvimento no assassinato. Arthur Ferreira da Costa, que seria genro da acusada e teria contratado os outros dois para cometer o crime, foi preso em Goiás na quarta-feira. Ele teria furtado a arma utilizada na execução alguns dias antes do assassinato na fazenda da vítima.

Os quatro vão responder pelos crimes de formação de quadrilha, homicídio qualificado e furto

Fonte: Terra