Mulher de ex-BBB assassinado depõe e evita comentar sobre dívida de R$ 60 mil

Mulher de ex-BBB assassinado depõe e evita comentar sobre dívida de R$ 60 mil

O pai de André Caubói, cujo nome não foi revelado, também foi ouvido, mas não falou com a imprensa

A comerciante Luciana Mara Gusmão, 35 anos, mulher do ex-BBB André Luis Gusmão de Almeida, 37, o Caubói, assassinado na madrugada de quarta-feira (01), prestou depoimento nesta tarde na Delegacia de Alumínio (80 km de São Paulo).

Ela foi ouvida pela polícia por mais de três horas. Ao deixar a unidade policial, Luciana conversou rapidamente com a imprensa e pouca coisa acrescentou ao que já havia dito. Ela evitou falar na dívida de R$ 60 mil que a vítima teria. "Agora o caso está na mão da polícia", afirmou.

O pai de André Caubói, cujo nome não foi revelado, também foi ouvido, mas não falou com a imprensa. A delegada Luciane Regina Tomisigue Toledo, que cuida do caso, foi outra que não quis comentar o que os depoentes acrescentaram às investigações nesta quinta-feira.

A polícia trabalha com duas hipóteses: latrocínio (roubo seguido de morte), pois Luciana deu falta de alguns equipamentos eletrônicos, e vingança.

Peritos da Polícia Técnica estiveram no sítio onde o ex-BBB foi assassinado, na tarde de quarta-feira, e recolheram alguns materiais para análise.

André Coubói foi morto com um tiro na nuca no sítio onde morava e mantinha um restaurante, na cidade de Alumínio, interior de São Paulo. Ele, que participou da 9ª edição do Big Brother Brasil, tinha quatro filhos, entre oito e 15 anos. André foi enterrado na tarde de quarta-feira no Cemitério de Alumínio.

Fonte: UOL