Mulher é ameaçada de morte por homem "apaixonado"

Mulher é ameaçada de morte por homem "apaixonado"

Ela que afirma ter 29 anos de idade e 13 anos de relacionamento com seu atual marido

Uma mulher que não quis se identificar concedeu entrevista hoje pela manhã ao repórter Pádua Araújo onde faz denúncia de que está sendo perseguida pelo ajudante de pedreiro, António Júnior de 40 anos, morador do bairro Pirajá.

Ela, que esteve junto com o marido registrando queixa contra uma agressão sofrida por ela feita pelo acusado, afirma que nunca teve envolvimento amoroso com o homem citado, mas que ele se diz apaixonado e há cerca de 3 meses a tem perseguido e inclusive tentado agredi-la na última segunda feira.

"Eu estava voltando do trabalho quando ele me abordou e tentou me agarrar, tomar o meu celular, eu não deixei aí ele mordeu minha mão e tentou me ferir com uma faca, quando eu corri e fui socorrida pelas pessoas na rua. Ele tem feito da minha vida um inferno", denuncia a vítima.


Mulher denuncia receber ameaças de homem em THE

Ela que afirma ter 29 anos de idade e 13 anos de relacionamento com seu atual marido, com quem tem três filhos pequenos, afirma que não quer nenhum tipo de envolvimento com o indivíduo, mas que ele anda dizendo e espalhando boatos para todos os seus conhecidos de que ela seria sua amante, fato que ela nega veementemente.

"Eu temo que esta história acabe mal porque ele diz que não vai desistir de mim e tem que me ter de um jeito ou de outro. Estou com medo por mim e também porque meu marido disse que se ele não me deixar de mão ele irá matá-lo e eu não quero que essa situação se agrave mais. Quero viver minha vida em paz, cuidar dos meus filhos e que ele me deixe em paz", afirma.

Fonte: Marcilany Rodrigues