"Ele está preocupado de eu largá-lo", afirma mulher de Bruno

"Ele está preocupado de eu largá-lo", afirma mulher de Bruno

"Abracei ele, beijei. E ele me disse que estava preocupado de eu largá-lo se ele for condenado", disse.

A dentista Ingrid Calheiros, mulher do goleiro Bruno, disse que o jogador revelou ter medo de que ela o deixe, caso ele seja condenado. A informação é do Jornal Extra.

Confira a entrevista realizada pelo jornal carioca:

O que você falou quando esteve na segunda-feira com Bruno?

Abracei ele, beijei. E ele me disse que estava preocupado de eu largá-lo se ele for condenado. Respondi perguntando se ele me deixaria se eu estivesse doente. Aí, ele chorou muito.

Acredita na absolvição dele?

Claro. Conheço o Bruno e sei que ele não mandou matar mulher nenhuma. Quero sair com esse homem daqui, para recomeçarmos nossa vida. Por mim, ele não jogaria mais, porque não gosto do Bruno goleiro. Ele falava muita bobagem. Mas sei que ele vai querer voltar a jogar. Nasceu para isso.

Você parece mais nervosa...

Não tem como não ficar. Quero que isso tudo acabe. Tem gente que acha que ganho dinheiro com tudo isso, mas hoje trabalho em dobro para poder vir para Minas toda semana. Hoje, até ajudo o Bruno com as despesas. Mando o material dele de higiene pessoal.

Fonte: Extra