Mulher é assassinada por não aceitar religião do marido

O suspeito pelo crime é o marido da vítima identificado como João Inácio dos Santos

Uma mulher identificada como Elizabeth Duhau foi encontrada morta, ontem, com diversas marcas de facadas, na casa onde morava, no Recanto dos Eucaliptos, Miguel Pereira, regi?o Centro-Sul do Estado do Rio de Janeiro. De acordo com a pol?cia, o suspeito pelo crime ? o marido da v?tima identificado como Jo?o In?cio dos Santos, 41 anos, que teria a matado ap?s a v?tima se mostrar contr?ria ? normas da seita religiosa que ele freq?enta. De acordo com a Pol?cia, o marido da v?tima teria se apresentado ? uma delegacia e confessado o crime.

Os policiais chegaram a duvidar do depoimento dele, achando que estivesse drogado ou delirando, mas quando chegaram na casa encontraram o corpo. O assassino entregou tamb?m a arma do crime. Ele contou aos policiais ser freq?entador de uma seita que n?o permite a doa??o de sangue e que em uma conversa em casa a mulher teria dito que, se necess?rio, doaria o seu sangue para salvar uma vida. "Ele disse que era o vingador de Jeov?", revelou um policial que ouviu a hist?ria.

O suspeito tamb?m teria contado que decidiu se entregar porque assistiu a um programa de televis?o que falava de presos que conseguiram se formar em direito mesmo cumprindo pena. O homem disse que quer estudar para advogado e que pretende se defender no futuro, quando for julgado pelo assassinato da esposa.

In?cio tamb?m revelou que pretendia matar outras pessoas que descumprissem as doutriunas de sua seita e que, ap?s matar a esposa, queimou as roupas sujas de sangue e lavou o corpo. O religioso foi autuado em flagrante e ser? encaminhado para exame psiqui?trico.

"N?o encontramos nenhuma medica??o controlada na casa, mas ele visivelmente n?o ? uma pessoa normal", revelou um policial civil que foi at? a casa ap?s o assassino se entregar.

Fonte: Terra, www.terra.com.br