Mulher é atraída com bebida e acaba 20 dias em cárcere privado

A polícia foi acionada pela mãe da vítima, que disse ter recebido ligações da filha pedindo ajuda.

Uma mulher de 38 anos foi libertada de um cárcere privado em Canoas (RS), na Grande Porto Alegre, na noite deste domingo. Segundo a Polícia Civil, ela afirmou estar presa em uma casa havia 20 dias. Um homem de 55 anos foi preso em flagrante.

De acordo com a delegada Priscila Salgado, da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), a vítima, que é viciada em drogas e álcool, e o suspeito tinham um relacionamento esporádico havia três anos. O homem teria atraído a mulher até o imóvel, no bairro Mathias Velho, oferecendo bebidas. Ele a teria trancado em uma residência sem janelas e protegida por cães.

A polícia foi acionada pela mãe da vítima, que disse ter recebido ligações da filha pedindo ajuda. De acordo com a delegada, a mulher já tinha denunciado o companheiro por cárcere privado. Na ocasião, porém, ele não foi preso porque não havia flagrante.

O homem foi autuado por cárcere privado qualificado. Ele ainda prestará depoimento e depois será encaminhado ao Presídio Central, em Porto Alegre. A vítima, que disse ter sido agredida hoje, tem um machucado no pescoço e será encaminhada para exame de corpo de delito.

Fonte: Terra