MG: Mulher é condenada por matar o namorado

Segundo a denúncia, o crime aconteceu na região da Várzea das Flores

O Tribunal do Júri de Contagem (MG) condenou na noite de quinta-feira uma mulher de 27 anos pela morte do namorado a 16 anos de prisão em regime fechado por homicídio triplamente qualificado. A vítima, monitor de esportes, morreu em 2003. A condenada temia que sua família soubesse através dele que era usuária de drogas. O julgamento presidido pela juíza Marixa Fabiana Lopes Rodrigues começou às 13h e terminou às 20h.

Segundo a denúncia, o crime aconteceu na região da Várzea das Flores, em Contagem. No dia anterior, o casal teria comprado diversos artigos, dentre eles, algemas para uma fantasia sexual. Na tarde do assassinato, 15 de março, eles compraram bebidas alcoólicas e foram para uma lagoa com o carro da mãe da vítima, onde tiveram relações sexuais e vítima usou drogas. Ela atingiu o namorado, que estaria algemado, com pedradas na cabeça e dirigido o carro sobre o corpo dele.

O advogado da família da vítima, Silvino Lino, acusou a condenada de mudar seus depoimentos ao longo das investigações. Por sua vez, o advogado de defesa, Lúcio Adolfo, defendeu que a ré, confessa, é primária e menor de 21 anos na época do fato.

Fonte: Terra, www.terra.com.br