Mulher é condenada por morte de marido

Jaime Antônio Bosi morreu com uma pancada na cabeça, dentro de sua residência.

A Justiça de Santa Catarina condenou uma mulher, na quarta-feira, a 18 anos de prisão pela morte do marido. Rosicler de Fátima Bosi foi casada por 34 anos com o advogado Jaime Antônio Bosi, morto no dia 27 de dezembro de 2007, em Ilhota (SC).

Jaime Antônio Bosi morreu com uma pancada na cabeça, dentro de sua residência. O corpo foi encontrado abandonado em Gaspar, próximo à BR-470, e o carro da vítima foi localizado atrás do Fórum de Itajaí.

No ano passado, Felipe Schulds, que seria amante de Rosicler, também foi condenado pelo crime. Ele responde a pena de 15 anos de prisão. Os dois foram condenados por homicídio duplamente qualificado - por motivo torpe (fútil) e pela impossibilidade de defesa à vítima.

A defesa de Rosicler pretende recorrer da decisão, mas ela não poderá aguardar o recurso em liberdade.

Fonte: Terra, www.terra.com.br