Mulher é morta pelo ex-marido dentro de hospital

Ele foi ao hospital e disparou quatro tiros contra ex-mulher, que não resistiu.

Um homem de 28 anos foi preso, nesta segunda-feira (10), após matar a tiros a ex-mulher, de 32 anos, durante a madrugada. A vítima estava internada em um hospital de Chapecó (SC), após ter sido baleada por ele na tarde de domingo (9).

O tenente-coronel Ricardo Assis Alves, comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar, disse ao G1 que o homem foi até a empresa em que a ex-mulher trabalhava como vigia no domingo à tarde. Ele teria esfaqueado e disparado um tiro contra a vítima, que foi socorrida e internada em um hospital da cidade.

Após o crime, o homem conseguiu fugir em uma moto. Segundo Alves, a polícia fez buscas pela região, mas não conseguiu prendê-lo.

Durante a madrugada, por volta de 2h, ele teria ido até o hospital e convencido os seguranças a deixá-lo visitar a vítima. Ao entrar no quarto, ele disparou quatro tiros contra a ex-mulher, que não resistiu aos ferimentos e morreu.

O homem conseguiu fugir, mas foi preso na manhã desta segunda-feira com a arma e a faca usadas nos crimes. Ele foi encaminhado ao Presídio Regional de Chapecó.

De acordo com Alves, ele disse que cometeu o crime porque não aceitava a separação. O casal tinha três filhos pequenos.

Fonte: g1, www.g1.com.br