Mulher é obrigada a pagar o motel e comprar até uísque para estuprador

Estuprador abordava as vítimas anunciando assalto

O homem acusado de estuprar uma mulher e a obrigá-la a andar quase 5 km, fez a vítima pagar o motel e comprar uísque. O crime ocorreu no sábado (22), no bairro do Imbuí, em Salvador.


Mulher é obrigada a pagar motel e comprar uísque para estuprador

Alessandro Santos da Silva, de 30 anos, anunciou o assalto, e pediu para a vítima acompanhá-lo andando do Imbuí até um hotel em Pernambués. Chegando ao local, a vítima foi abusada sexualmente obrigada a pagar a conta, comprar uma garrafa de uísque e energético para o acusado.

Após saírem do motel, Silva e a vítima foram até a Rodoviária, onde a mulher sacou R$100, depois o acusado deixou a mulher em um ponto de ônibus.

Silva confessou ter cometido quatro estupros, mas em dois desses casos, o acusado alega não ter consumado o fato. O estuprador abordava as vítimas anunciando assalto, quando não conseguia estuprar as mulheres, levava pertences como celular. Em todos os casos de estupro, o acusado diz ter usado camisinha.

Silva foi autuado por estupro e roubo mediante sequestro, sendo encaminhado ao NPF (Núcleo de Prisão em Flagrante) no Complexo Prisional da Mata Escura.

Fonte: r7