Mulher é presa acusada de espancar mãe até a morte no Piauí

A vítima teria morrido em decorrência de agressões e maus tratos

A Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira (13) Maria de Fátima Carvalho Miranda, 43 anos, acusada de agredir a sua mãe até a morte. A ação foi para dar cumprimento ao mandado de prisão preventiva concedida pelo juiz titular da Comarca de Cocal.

O crime ocorreu em 27 de dezembro do ano passado. Na época, a polícia recebeu várias denúncias de que a vítima, Francisca da Silva Carvalho, mais conhecida como "Chica Benta, 69 anos, teria morrido em decorrência das agressões e maus-tratos praticados pela própria filha. O velório da idosa chegou a ser intemperrompido e o corpo removido para o Instituto Médico Legal (IML) para ser periciado.

De acordo com a delegada Daniella Dinali,  o laudo pericial apontou várias lesões no rosto, pescoço e colo da idosa, mas um exame complementar, que teve resultado somente agora em 15 de junho, juntamente com depoimentos de vizinhos foram determinantes para a prisão da filha da idosa.

"Esses exames mostraram que ela foi agredida em dias diferentes e de forma constante. Havia várias lesões pelo corpo da senhora que culminaram na sua morte", disse a delegada que afirmou que depoimentos dos vizinhos eram chocantes. Um deles teria afirmado ter visto que na madrugada da morte da idosa, viu a filha dela pisando em cima de sua cabeça.

Filha é acusada de espancar a mãe até a morte
Filha é acusada de espancar a mãe até a morte



A delegada afirmou ainda que todas as testemunhas ouviram a vítima pedir socorro e a filha dela dizer que desejava a sua morte. Ela contou que em depoimento, a filha confessou que agredia a mãe por perder a paciência com ela e que desejava a sua morte porque "ela aperreava muito".

A acusada foi encaminhada para a Penitenciária Mista Juiz Fontes Ibiapina em Parnaíba.


Fonte: Blog do Coveiro