Mulher é acusada de mandar seu irmão matar a amante do marido

Mulher é acusada de mandar seu irmão matar a amante do marido

A mulher nega que tenha pedido ao irmão, que já esteve preso por homicídio, para matar a vítima e diz que Luciana é que tinha raiva dela.

Um casal de irmãos foi preso acusado de matar uma mulher no município de Itatim, localizado a cerca de 200 km de Salvador. Segundo a delegacia local, Miralva Couto Santos, 32 anos, mandou o irmão, Edson Couto Santos, matar a amante do marido, conhecida como Luciana, após uma discussão entre as duas.

A mulher nega que tenha pedido ao irmão, que já esteve preso por homicídio, para matar a vítima e diz que Luciana é que tinha raiva dela.

? Ela disse que ia beber meu sangue. Ela disse que ia matar eu e meus dois filhos.

O acusado afirma que matou Luciana na casa dela por que ela estava ameaçando a mãe, a irmã e a família. Ele nega que a irmã tenha envolvimento com o crime e "em momento algum ela falou pra matar ninguém não".

De acordo com o laudo pericial, a mulher foi estuprada, baleada e esfaqueada. O homem disse que matou, mas que não houve estupro e nem usou faca para assassinar Luciana.

? Eu nunca utilizei faca para matar ela nem ninguém, não. Eu dei uma cacetada nela do lado da cabeça, ela queria correr e eu dei uma cacetada nela e bateu na parede.

Segundo o delegado Adilson Freitas, o acusado invadiu a casa da vítima, deu alguns golpes com um pedaço de ferro, após ela estra caída, manteve relações sexuais a força com Luciana e atirou contra a mulher.

A acusada disse que ainda está com o marido e toda terça ele vai vê-la.

Fonte: r7