Mulher é presa ao esconder corpo do filho há 10 anos em seu carro

A mulher foi presa e esta sendo julgada esta semana por assassinato

Uma mulher identificada como Tonya Slaton, de 44 anos, foi presa após ser acusada de esconder o cadáver do próprio filho há mais de dez anos no porta-malas do carro dela. A acusada dirigia um Ford Mustang quando foi interrompida na Interestadual 64 na cidade de Hampton (EUA).

Os oficias revistaram o carro e um deles notou uma mancha branca no assoalho do banco de trás. Tonya se defendeu dizendo que tinha ido à praia, mas a desculpa não convenceu as autoridades. Após abordagens, os policiais sentiram um odor vindo do veículo. Pediram, então, para dar uma olhada no porta-malas. A mulher disse que eram apenas algumas peças de roupa.

A polícia encontrou dois sacos pretos, de plástico, que estavam envoltos em fita adesiva lotados de restos humanos em decomposição. A mulher foi presa e esta sendo julgada esta semana por assassinato e ocultação de cadáver. Médicos legistas comprovaram: os pedaços era seu filho, que desapareceu há mais de uma década atrás.

Não se sabe, ainda, exatamente há quanto tempo Tonya mantinha os restos mortais do filho no carro, nem o motivo que a levou a tomar uma decisão tão cruel.

Mulher escondeu o corpo do filho (Crédito: Reprodução)
Mulher escondeu o corpo do filho (Crédito: Reprodução)


Mulher escondeu o corpo do filho (Crédito: Reprodução)
Mulher escondeu o corpo do filho (Crédito: Reprodução)


Mulher escondeu o corpo do filho (Crédito: Reprodução)
Mulher escondeu o corpo do filho (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do R7