Mulher é presa por sumir e ser achada com o amante

Mulher é presa por sumir e ser achada com o amante

Mulher terá que restituir gastos feitos para encontrá-la

A americana Tiffiny Bray, de 39 anos, foi presa na última sexta-feira depois que sumiu em Fletcher, no estado de Oklahoma (EUA), e a polícia e seu ex-noivo a procuraram durante 30 dias, até encontrá-la na companhia de outro homem em um hotel em Corpus Christi, no Texas.

Segundo a emissora de TV "KSBI TV", o então noivo comunicou a polícia sobre o desaparecimento de Tiffiny no dia 20 de julho. Ele contou que ela tinha ido fazer compras no dia anterior na cidade de Lawton e nunca mais voltou.

Preocupado, ele não mediu esforços para encontrá-la. O noivo chegou a colocar outdoors para tentar localizar Tiffiny. Após gastar centenas de dólares e contar com a ajuda policial, ele conseguiu achá-la em Corpus Christi, cerca de 885 km de distância de Fletcher.

A porta-voz do serviço de investigação de Oklahoma, Jessica Brown, disse que Tiffiny Bray terá que pagar todos os gastos feitos pelo estado para encontrá-la, já que, segundo ela, não é justo que os contribuintes paguem essa conta.

Fonte: Globo, www.globo.com