Mulher é suspeita de matar filha ao dar copo de água com cocaína

Testemunhas relataram que a mãe de Luana Bruna Aguiar Marcolino teria dado um copo de água com cocaína para a ela

A Polícia Civil investiga a morte de uma jovem de 20 anos ocorrida na madrugada de segunda-feira, na cidade de Serrana, no Interior de São Paulo. Segundo informações, testemunhas relataram que a mãe de Luana Bruna Aguiar Marcolino teria dado um copo de água com cocaína para a ela, o que pode ter causado o óbito.

O suposto homicídio seria uma vingança após uma denúncia feita por Luana contra a própria irmã, que acabou sendo presa por tráfico de drogas. Parentes e vizinhos disseram que os dois e a mãe de Luana já teriam a ameaçado e que a jovem era agredida constantemente pela mãe, de 46 anos, e pelo padrasto, 19 anos.

Revoltados após a morte da jovem, vizinhos invadiram a casa da família na tarde de terça-feira para linchar o casal, que conseguiu fugir com a ajuda da polícia. Segundo a PM, os dois tiveram ferimentos leves e recusaram atendimento médico. Ninguém foi preso na confusão. O casal, de acordo com a polícia, está sob proteção em um lugar seguro. Segundo laudo da perícia, Luana morreu de pneumonia e edema agudo do pulmão. O laudo de toxicologia, que deve identificar a presença de alguma substância em seu organismo, deve ficar pronto em até dois meses.

Fonte: Terra