Mulher é torturada por horas antes de ser morta pelo companheiro

O filho do casal, de quatro meses, estava no quarto

A jovem Angélica Ferreira, de 20 anos, foi espancada e morta pelo companheiro, José Santos, de 35 anos, o ”Pedrinho". O crime aconteceu na residência do casal, em São Paulo.


Image title

O homem bateu na mulher por duas horas, chegou a arrancar os cabelos e quebrar seus dentes. O espancamento terminou com a morte da jovem. Depois do crime, ele saiu gritando na rua e foi preso em seguida.  José jem passagens pela polícia por roubo e uso de entorpecentes

Na hora do crime, o filho do casal, de quatro meses, estava no quarto. Angélica foi encontrada morta, sentada no sofá da sala com vários ferimentos, inclusive na cabeça 

A mãe da vítima conta que uma vez foi tentar salvar a filha e também foi espancada. Os golpes foram tão agressivos que a mulher foi parar no hospital e ficou internada por 15 dias


Fonte: Com informações do R7