Mulher finge gravidez para entrar com 164 celulares em presídio

Ela foi detida em flagrante e afirmou não ter parentes no presidio.

Uma mulher foi detida em flagrante neste domingo (7) quando tentava entrar com 164 celulares na Unidade Prisional Agente Luciano Andrade Lima (CPPL 1), em Itaitinga. Ela disse que estava gestante, mas na vistoria foi identificada que ela escondia o material amarrado em cintas no abdômen e em um short.

Além dos celulares, foram encontrados 109 chips e 50 carregadores, segundo a Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus). A visitante foi encaminhada à Delegacia Metropolitana de Maracanaú.

A mulher tem 30 anos e contou que está desempregada. Ela disse que não possui parente detido no complexo penitenciário.

Em depoimento, a mulher relatou que um homem a procurou em uma feira de confecções na capital e ofereceu uma moto caso ela fizesse a entrega. A Polícia investiga o caso.

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do G1