Mulher grávida é morta na rua após receber pensão em Fortaleza

Ela relatou às amigas que estava recebendo ameaças de morte

Lidhia Bruna Santos, de 21 anos foi executada a tiros no meio da rua em Fortaleza (CE). Ela tinha acabado de receber o dinheiro da pensão da filha, quando foi assassinada. O namorado dela é o principal suspeito.

Lidhia havia acabado de receber o dinheiro da pensão da filha, pago pelo primeiro marido. Em seguida, um homem desceu de um veículo prata e se aproximou dela.

Segundo a Polícia Militar, a jovem tentou fugir ao ser abordada pelo homem, que correu atrás dela e atirou.

Um tiro acertou a jovem, que caiu no chão. O homem, então, disparou mais duas vezes e fugiu. O crime aconteceu perto do apartamento onde ela morava.

Segundo conhecidos, ela tinha um caso com um homem mais velho e casado, de aproximadamente 50 anos. O homem pagava o aluguel, que estaria atrasado.

Lidhia estava grávida de dois meses e informou para as amigas que estava sendo ameaçada de morte. Sempre que passava um carro preto ou prata, ela se escondia. A Polícia Civil está investigando o caso.

Image title

Image title







Fonte: Com informações do R7