Mulher mata amante do marido a facadas na zona rural de Uruçuí

Segundo o delegado Jarbas Lima, que conduz as investigações do caso, os envolvidos no episódio ainda não foram localizados

O assassinato de uma jovem de 26 anos de idade chocou os moradores do Assentamento Flores, a 50 km da sede do município de Uruçuí. A vítima que já estava separada do ex-companheiro há cerca de 6 meses deixa cinco filhos, o mais novo de 2, e o mais velho de 10 anos.


Entenda o caso

Mauricélia Gomes das Candeias, 26 anos, mantinha um relacionamento amoroso com um homem identificado apenas como Ubiratã, que é casado com uma mulher identificado como Carmem Lúcia, acusada de desferir três facadas contra Mauricélia Gomes, que acabou vindo a óbito devido aos ferimentos.

O caso extraconjugal entre Ubiratã e Mauricélia vinha sendo mantido há cerca de 6 meses, quando na noite de quarta-feira, Ubiratã foi a residência da amante no Assentamento Flores. Ao chegar à casa da amante, o homem se cercou de alguns cuidados deixando sua motocicleta no quintal da residência. Pouco tempo depois, Carmem Lúcia, mulher de Ubiratã, chegou ao local trazida na garupa de uma moto por sua cunhada. A esposa traída seguiu para os fundos da casa onde a moto do esposo tinha sido colocada, e em seguida, a mulher começou a buzinar no veículo de duas rodas, fato que chamou a atenção do casal que estava dentro da residência. Ao ouvir a buzina da moto, Mauricélia, a amante, resolveu ir verificar o que estava acontecendo, mas antes já tinha sido alertada por uma prima de nome Carla, que mora em frente à casa da vítima. Embora o alerta, Mauricélia resolveu ir ver o que estava acontecendo, e ao chegar no quintal da casa, foi surpreendida por um golpe de faca desferido por Carmem Lúcia, que acabou atingindo o seu peito . Assustada, a amante aos gritos ainda correu por alguns metros, mas foi atingida por mais duas facadas, uma no ombro, e outra no braço. A vítima conseguiu chegar à casa da prima, que fica em frente à sua residência , onde agonizou por alguns minutos, e veio a óbito antes da chegada do socorro.

O que diz a polícia

Segundo o delegado Jarbas Lima, que conduz as investigações do caso, os envolvidos no episódio ainda não foram localizados, mas a polícia já tem pistas sobre o paradeiro dos mesmos que deverão ser capturados nas próximas horas.

Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: noticiasdeurucui