Mulher mata bebê queimado em forno por achar que não seria boa mãe

Ela queimou sua filha recém-nascida até a morte em forno

Uma mulher com 33 anos está sendo acusada de queimar até a morte sua filha recém-nascida em forno devido ela acreditar que não seria uma boa mãe. O fato aconteceu na aldeia de Polina Osipenko, na região de Khabarovsk Krai, no oriente da Rússia.

A mãe treia dado à luz a sua filha dentro de sua casa. Segundo um policial ela teria falado sobre sua incapcidade para criar a filha. "A mãe disse que decidiu matar seu bebê quase imediatamente, enquanto ela duvidava de sua capacidade de se tornar uma boa mãe para sua filha.”, informou o policial ressaltando que a criança morreu quase imediatamente deivio o calor do forno.

O policial informou ainda que a mãe ainda teria tentado se livrar das evidências. "a suspeita jogou o corpo da criança em uma fossa pública. No entano, ela foi vista em flagrange por moradores locais que informaram a polícia o incidente", disse.

A polícia continua investigando o caso e ainda não foi informado se a acusada responderá criminalmente ou por procedimentos de saúde mental.

Fonte: Com informações do Gadoo