Mulher mata filho a tesouradas para não perder o marido

A acusada foi autuada por homicídio qualificado

A auxiliar contábil Michele Ribeiro Passos, 27 anos, matou o filho a tesouradas logo após o parto, em Vitória. A mulher foi presa logo após receber alta médica. O golpe atingiu o coração da criança, que morreu na hora.

Em depoimento, ela confessou que assassinou a criança por medo de perder o marido que não queria ter a criança. Ela teria alegado que o bebê já havia nascido morto, mas a polícia descobriu que a história não era verdade e que o crime foi premeditado.

A acusada foi autuada por homicídio qualificado, por motivo torpe, além de falsificação de documento. A pena pode variar de 12 a 35 anos de prisão.


Image title

Image title

Fonte: Com informações do R7