Mulher, mesmo algemada, tira roupa para não mostrar rosto em delegacia

Mulher, mesmo algemada, tira roupa para não mostrar rosto em delegacia

Mesmo algemada, a presa conseguiu ficar só de calcinha na delegacia

A Polícia Civil mineira prendeu nesta terça (20) Taciana Rodrigues da Silva, 25 anos, conhecida como Branquela, e Laudiceia de Lima Mendes, vulgo Luana, 24 anos, acusadas de tráfico de drogas na região metropolitana de Belo Horizonte.

Investigações apontam que as duas fariam parte da quadrilha do traficante identificado pela polícia como Huochington, vulgo Tim. De acordo com a delegada Rosely Baeta, da 2ª Delegacia de Narcotráficos, a morte de Tim teria resultado no toque de recolher imposto no Bairro Confisco, em Contagem.

Durante a apresentação à imprensa, Laudiceia, mesmo algemada, conseguiu tirar as calças e levantar a camisa do uniforme deixando os seios à mostra. Gritando, ela falava que não queria mostrar o rosto. Foi preciso colocar uma agente e depois um cartaz para esconder o corpo da presa. Com elas foram apreendidos 16 tabletes e meio de cocaína.

A polícia informou que a droga vinha de São Paulo e era repassada para traficantes que atuavam nos bairros Concórdia, Santa Cruz, Jatobá e Confisco, em Contagem.

- A Taciana trazia a droga de São Paulo para abastecer Ibirité e principalmente Confisco. Uma vez por semana ela trazia a droga e repassava para os traficantes que assumiram o comando depois da morte de Tim, disse a delegada.

Após a prisão das duas, a polícia vai continuar as ações para prender outros envolvidos no tráfico nessas regiões e impedir o toque de recolher nas comunidades.

- A nossa função é coibir isso. Nós vamos pegar todos os fornecedores. Tem muitos que foram identificados e serão presos, garantiu a delegada.

Fonte: R7, www.r7.com