Mulher morre após ter carro atingido por 39 tiros: 'fogo cruzado'

Marido da vítima também foi atingido e encontra-se em estado grave.

Uma mulher identificada como Eliana Guerreiro Mascarenhas, de 60 anos, morreu após ter seu carro atingido por 39 tiros de fuzil, no Rio de Janeiro, na noite da última segunda-feira (24). Ela estava acompanhada do marido, Roberto dos Santos Melandre, de 56 anos, que encontra-se internado.

De acordo com a polícia, os dois seguiam em um carro modelo Chevrolet Spin, de cor branca, para buscar uma amiga que estava em um posto de combustível, quando foram abordados pelos bandidos que estavam em três veículos e duas motos. Os criminosos utilizaram um fuzil AK-47 e um AR-15 para disparar 39 vezes contra o casal.

Marcelo Mascarenhas, de 40 anos, filho de Eliana Guerreiro, conta que o bairro onde tudo ocorreu, Amendoeira, na região de São Gonçalo, possui poucos índices de violência. No entanto, diz que vários acontecem vários assaltos na região nos últimos dias: "Estamos no fogo cruzado".

A vítima, que viajaria para o Rio Grande Norte, foi morta na rua que leva o nome em homenagem ao seu bisavô.

Image title






Fonte: Com informações do OGlobo