Mulher nega entregar celular a assaltante e é morta a tiros em SP

A vítima tinha acabado de ser roubada e não queria perder aparelho

Duas amigas foram baleadas neste fim de semana em Osasco. Uma delas, que levou um tiro no cotovelo, é esposa de um guarda municipal. A outra, também foi baleada e morreu.

Era quase meia noite quando as duas amigas foram abordadas. Os ladrões ordenaram que elas entregassem os celulares. Porém, durante o assalto, um deles começou a atirar. A mulher do guarda levou um tiro no cotovelo. A amiga também foi atingida e morreu.

A mulher recebeu atendimento em um pronto socorro. Em depoimento, ela disse que a amiga teria se negado a entregar o celular ao assaltante, dizendo que teria sido assaltada a pouco tempo. Isso teria sido o motivo dos disparos.

Os ladrões fugiram levando a carteira de identidade da mulher, que foi velada em Osasco. O corpo dela será cremado na Vila Alpina, zona leste de São Paulo.

Image title

Fonte: Com informações do R7